Curso para instrutores de Defesa Pessoal é transferido para o Bope e será realizado no próximo dia 30

postado em: Notícias | 0
419x632
Sylvio Behring ministrará o curso no BOPE Foto: Divulgação

Organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Desportivo, a CBJJD, em parceria com a FJJD-Rio, o curso para instrutores de Defesa Pessoal acontece no próximo dia 30 de julho. Inicialmente, estava marcado para acontecer no Batalhão de Choque, da Polícia Militar. No entanto, o novo local será no BOPE, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Em entrevista à TATAME, Sylvio Behring, que vai ministrar o curso, explicou sobre a mudança.

“Isso na verdade foi uma estratégia para não conflitar com o curso do Aurélio Miguel, que acontece na parte da tarde, lá no Batalhão de Choque. Ficaria um ambiente muito tumultuado, com muita gente entrando e saindo do batalhão, com dois cursos seguidos. Já que nós tínhamos a opção do BOPE, cedido pelo Comandante, nós optamos por distribuir um pouquinho mais” disse Behring, que também expressou a importância em realizar eventos como este no Brasil e fora do país.

“É a oportunidade de tocar o conhecimento adquirido dentro de uma sistemática que aprimoramos com a experiência de tantos anos e vamos passar onde houver instrutores interessados. Procuramos contribuir preservando uma parte da cultura do Jiu-Jitsu, que é um legado deixado pelo grande mestre Hélio Gracie: a defesa pessoal Gracie. Através do GPCI aplicado na Forbin (Escola de Formação de Vigilantes) alcançamos uma evolução na parte de verbalização e abordagem, é o gerenciamento progressivo de comportamento inconveniente. Ampliamos o nosso alcance em várias direções, como na parte de segurança pública, militar, segurança privada, também com iniciantes, crianças, cursos anti-bullying e defesa pessoal feminina preventiva. Esse trabalho que está sendo feito, vem sendo realizado e bem aceito em vários países. E o sistema progressivo é uma temática interessante, que preserva os fundamentos a partir de ataque e defesa e pergunta e resposta, e também fica muito fácil para aprender e ensinar Jiu-Jitsu” comentou.

Sylvio ainda esclareceu o que se passa no curso e os valores que serão agregados a todos que queiram participar do evento.

“O que nós estamos fazendo é um resgate de valores do Jiu-Jitsu, para a preservação da arte na sua complexidade. É também uma oportunidade que nós temos de enriquecer o nosso currículo, a nossa academia, proporcionando aos nossos alunos um Jiu-Jitsu completo. Atendendo a toda família, a todos aqueles que gostam e muita das vezes precisam da arte marcial como base, para sua autodefesa, autocontrole ou mesmo melhor qualidade de vida. É o Jiu-Jitsu inclusivo, a defesa pessoal é inclusiva. Ela trás todo mundo para o tatame” encerrou.

Local: BOPE – Rua Campo Belo número 150 -Laranjeiras
Data: 30 de julho – Início às 9h
Mais informações:contato@fjjdrio.com.br

Deixe uma resposta