Fabio Andrade exalta premiações com passagens aéreas do Circuito Mineirinho

postado em: Notícias | 0

Líder da Nova União Bangu, no Rio de Janeiro, o professor Fabio Andrade está ansioso para que as competições de Jiu-Jitsu voltem o mais breve possível e assim ele possa levar os craques de sua escola às grandes arenas do BJJ. No bate-papo a seguir, Andrade fala sobre o quão são importantes as passagens aéreas oferecidas como premiação no Circuito Mineirinho, da FJJD-Rio. Confira!

Nesses anos de Circuito Mineirinho no Rio de Janeiro seus atletas já conquistaram quantas passagens internacionais? 

Foram três atletas premiados: o Márcio André, o Paulo Henrique e o Fernando Menezes.

Qual é a importância dessas passagens internacionais na trajetória dos atletas do Jiu-Jitsu? 

Para os atletas de comunidades carentes nas faixas coloridas essas premiações representam o caminho mais curto para se alcançar o sonho de lutar no exterior, então é de suma importância o trabalho que a FJJD-Rio desenvolve em prol do Jiu-Jitsu.

Quais momentos foram mais marcantes para você nesses 12 anos de circuito da FJJD-Rio? 

Quando meu filho Paulo Henrique ganhou a passagem para o Europeu, era uma fase financeira muito ruim e apareceu essa oportunidade, e mesmo sem treinar muito e contra a vontade, Paulinho lutou de forma impecável e foi campeão (ele ainda era juvenil e lutou como adulto). Ali ele acreditou que era isso que realmente ele queria da vida. Naquele ano, ganhou o Europeu, o Brasileiro (peso e absoluto) e o Mundial da IBJJF.

Qual mensagem você deixa para os competidores sobre o Circuito Mineirinho?

Que motivem seus colegas de treino e professores a acreditarem no projeto da FJJD-Rio e se dediquem aos seus treinos, porque essa oportunidade de conquistar passagens aéreas pode mudar a vida dos atletas para muito melhor.

O craque Márcio André e a passagem internacional conquistada anos atrás, no Circuito Mineirinho. 

Deixe uma resposta